DNF – saiba mais sobre o novo gerenciador de pacotes do Fedora

DNF-FEDORA

O projeto Fedora vem anunciando faz algum tempo que o “YUM” – Gerenciador de Pacotes rpm – será substituído pelo “Dandified Yum” (DNF). Todos os esforços para mudar o YUM pelo DNF, começou por volta de janeiro de 2012; quando ele virou um fork do próprio YUM. Inicialmente, o gerenciador de pacotes DNF foi disponibilizado para uso experimental no Fedora 18; contudo com um cronograma já definido para alterá-lo definitivamente, como gerenciador de pacotes padrão, na versão 22 – lançamento da versão final no dia 26 de maio de 2015.

Contextualizando

O Yellowdog Updater, Modified ou conhecido também como YUM é uma ferramenta utilizada para gerenciar a instalação e remoção de pacotes em distribuições Linux, que utilizam o sistema RPM. É um gerenciador de pacotes de arquivos similar ao APT que lida automaticamente com dependências computando-as e resolvendo o que deve ser feito para tratá-las.

O YUM é padrão em todas distros que utilizam o sistema RPM da pacotes. No caso do Fedora, desde a versão 18 que a mudança do YUM pelo DNF aparece como possibilidade concreta. O DNF, por ser um fork do próprio YUM, tem foco principal resolver alguns problemas do seu antecessor, como:

  • a documentação falha e por vezes confusa;
  • falhas no algoritmo de resolução de dependências e;
  • o fato de que algumas funções internas do código do YUM não estarem habilitadas a passar pelo processo de refactoring, o que dificulta a manutenção do projeto;
  • E mais…

Na prática, o DNF apresenta melhor desempenho e menor consumo de memória nas buscas, verificações de atulizações e na resolução de dependências.

Por fim, o DNF usará as mesmas sintaxes do Yum, porém em back-end ele usa algumas bibliotecas específicas, como a libsolv e a hawkey.

Conforme notícia dos desenvolvedores, eles estão trabalhando para aprimorar a experiência do usuário, portando plugins do YUM, desenvolvendo um plugin específico para migração, que vai importar pacotes instalados, grupos e outras configurações do YUM para o DNF e aprimorando a interação do usuário final para que a mudança não seja traumática.

Mão na massa

Caso você esteja usando uma versão do Fedora, anterior a 22 (até 26 de maio de 2015 na versão beta) e superior a versão 18, você pode instalar o DNF através do comando (como root):

yum install dnf

dnf-install-with-yum

O gerenciador DNF funciona de forma muito semelhante ao YUM. Para instalar um pacote, você deve executar (como root):

dnf install nano

# Procurarando por um pacote

dnf search nano

# Atualizando todos os pacotes instalados atualmente

dnf upgrade

# Removendo um pacote

dnf remove nano

# Obtendo mais informações sobre determinado pacote

dnf info nano

 

Encontrei na internet

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários

Desenvolvedor ou Sysadmin? Leia isso...

Docker é uma plataforma para desenvolvimento, provisionamento e execução de aplicações usando tecnologia de containers.

Se você é um desenvolvedor ou sysadmin você poderá ter diversas vantagens usando a plataforma Docker:
  • Desenvolve uma vez...executa em qualquer lugar;
  • Sem preocupações (dependências e/ou pacotes)... foco no desenvolvimento;
  • Elimina inconsistências na entrega das aplicações e/ou serviços;;
  • Evita o “localhost funciona”;
  • Promove uma infraestrutura escalável;

Conheça o Curso Docker - Introdução a administração de containers. Ele é introdutório a plataforma Docker e lhe dará melhor compreensão sobre as vantagens da ferramenta.


Inscreva-se agora (50% OFF) »

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...

  • zeuslinux

    “O YUM é padrão em todas distros que utilizam o sistema RPM da pacotes.”

    Errado. O yum é usado somente nos Fedora, Red Hat (e derivados como o CentOS). O fato de uma distribuição usar rpm não implica o uso do yum.

    O Conectiva Linux mesmo usava rpm e o apt (adaptado para rpm), o Mandriva/Mageia usa rpm e urpmi e o OpenSuse/Suse usa rpm e o zypp.

  • Davi Lukato

    Tava muito bom com o yum, pra que mexer no que já ta bom?

    • tiago pereira

      yum péssimo!!! dnf mto melhor!!!

  • Morvan

    Bom dia.

    Nos meus testes pessoais, o DNF deixou o YUM comendo poeira, literalmente. Mas remanesce um problema, a ser debelado pelo pessoal desenvolvedor:
    Meu Único Problema Com O DNF, Até Agora (Michael Larabel, Phoronix).
    Não ficou clara qual a abordagem dos desenvolvedores, com relação a isso, mas, particularmente já tenho o DNF como o meu Gerenciador de Atualizações. Fiquei mesmo pasmo com relação à velocidade de resolução de transações (Fedora21, x64).

    Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

    • linux10complica

      Obrigado pelo seu feedback

      • Morvan

        Bom dia.
        Não precisa agradecer. Este é o nosso quefazer: ajudar a divulgar e a promover o SL.
        Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.