Dply – Serviço permite criar um servidor Linux na nuvem que fica disponível por 2 horas gratuitamente

criar-servidor-linux-nuvem

Dply permite criar rapidamente um servidor Linux temporário na nuvem, com 1CPU, 512MB RAM e 20GB SSD, gratuitamente. Assim, o serviço promete oferecer a criação de um servidor na nuvem, gratuitamente, a qualquer momento.

Criar um servidor Linux na nuvem

Para a criação do servidor, o serviço exige que seja feito o login numa conta do Github para permitir que você crie o seu servidor usando o ssh-key – restringindo o acesso a máquina virtual somente no uso dessas chaves. Após a criação, o servidor fica disponível, gratuitamente, por 2 horas; e expira após esse período (a menos que você opte por adicionar mais tempo através de pagamento via cartão de crédito ou bitcoin).

O propósito é bem interessante, pois é uma maneira rápida e fácil de iniciar um ambiente Linux (com diversas distros disponíveis – todas na versão servidor) para executar algum código ou realizar algum teste num servidor na nuvem.

Sendo assim, todos os servidores são criados e acessados, apenas, com a autenticação ssh-key (por chave pública). Caso você tenha uma chave pública, criada, basta importá-la no momento da criação da máquina.

Mais sobre o Dply

Em primeiro momento, o benefício não poderá ficar claro em criar um servidor na nuvem que fique disponível somente por 2 horas gratuitamente, mas tenha em mente que isso poderá trazer grandes vantagens; principalmente para quem precisa (sempre) testar alguma ferramenta, script ou pacote numa distro Linux para servidor. Além disso, poderá usufruir dos benefícios da rapidez em instanciar uma máquina virtual na nuvem, ou seja, em apenas alguns segundos o servidor Linux na nuvem será criado.

Por outro lado, caso precise que a máquina criada fique disponível por mais tempo, você poderá, na criação, instanciar um servidor que fique disponível por mais tempo ou, antes da expiração, do período gratuito, estender o tempo. A lista completa de períodos disponíveis se encontra aqui:

– 2 horas: GRATUITO
– 2 dias: $2 dólares
– 1 semana: $3 dólares
– 1 mês: $10 dólares
– 6 meses: $50 dólares

Em primeiro momento, as versões disponíveis são:

– CentOS 6
– CentOS 7
– Debian 7
– Debian 8
– Fedora 23
– Fedora 24
– Ubuntu 14.04
– Ubuntu 16.04

Todas as máquinas virtuais cloud, do Dply, são hospedadas na infraestrutura da DigitalOcean.

Ainda em estágio BETA

Mesmo com muitos benefícios, o projeto ainda está em estágio BETA (em desenvolvimento e em testes). Portanto, use com moderação! Outro aspecto, logo após a expiração do tempo de disponibilidade gratuita ou paga; todos os dados serão deletados e removidos completamente!

O projeto, inicialmente, foi criado por um usuário entusiasta e profissional em infraestrutura de servidores cloud. Conforme mensagem no reddit, ele usou sua experiência e créditos para disponibilizar esse serviço:

I work for a well known cloud host by day but in talking with users learned that it’s a hassle sometimes to create an account, billing profile and all that when you just need to quickly test or share something so I built this in my free time…

Do you expect to make money on this?
Honestly, no idea. I have a decent credit grant that will cover free 2 hour servers for a while so it was worth trying out.

, via reddit.

Então, aproveite esse serviço enquanto ele estiver disponível! 😉

Mão na massa

Acesse o site do Dply AQUI.

1 – Conceda permissões de acesso a sua conta Github:

dply-1

2 – Libere aqui:

dply-2

3 – Pronto!! Depois, automaticamente um painel Dashboard será apresentado. Crie sua nova máquina virtual

dply-3

4 – Preencha os campos, de criação, conforme suas necessidades:

dply-4

5 – Atente-se para o uso das chaves SSH. Caso já possua, copie o conteúdo do arquivo .ssh/id_rsa.pub (contendo a chave pública) no campo de chave do Dply. Caso não tenha, siga os passos a seguir:

5.1 Entre no diretório home do seu usuário;

ssh-keygen -t rsa

E confirme os campos posteriores e adicione uma senha de acesso! Por fim, sua chave será criada no arquivo .ssh/id_rsa.pub.

6 – Pronto! Aguarde alguns segundos que sua máquina será criada:

dply-5

7 – Depois, acesse, da máquina que contém a chave pública SSH no diretório home, o servidor na nuvem através do comando:

ssh root@IP-SERVIDOR-NUVEM

😉


Via | Reddit

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários


VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...