Saiba como, facilmente, ocultar arquivos e pastas no Linux

ocultar-arquivos-pastas-linux-linuxdescomplicado-1

Independentemente do motivo, provavelmente, você já quis ocultar algum arquivo ou pasta em seu sistema Linux. Entre algumas maneiras para fazer isso, mostrarei o processo “menos complicado” para fazer isso; e de maneira rápida, simples e eficiente 😉

Ocultar arquivos e pastas no Linux

Ocultar um arquivo e pastas no sistema de arquivos do Linux é algo tão simples que nem precisa instalar ou configurar algo no sistema. Desde dos primórdios do sistema existe um recurso amplamente usado para ocultar arquivos e pastas no Linux. O método consiste em renomear o arquivo ou pasta e colocar o caracter “.” (ponto) na frente dele 😉

Encontre um arquivo ou diretório que você deseja ocultar e selecione-o. Clique com o botão direito do mouse e selecione “Renomear”. Em seguida, coloque o caracter “.” (ponto) no início do arquivo:

Peek 12-03-2017 16-25

Como a maioria dos gerenciadores de arquivos “suportam” esse método para ocultar arquivos, o arquivo ou diretório renomeado ficará “invisível”. Além disso, os arquivos (mesmo sem o “.” no início do nome deles) colocados em um diretório oculto (com o “.” no início do nome da pasta) também serão ocultos, por padrão 😉

Peek 12-03-2017 16-26

O processo para visualizar esse arquivo ou pasta oculto consiste em, no modo gráfico, ir nas opções de visualizações do gerenciador de arquivos do sistema e escolher “mostrar arquivos ocultos”. Na maioria dos gerenciadores de arquivos, as teclas de atalho “CTRL+H” funcionam normalmente 😉 Já no modo de linha de comandos, basta ir ao diretório que contém os arquivos ou pastas ocultos e executar:

ls -lha

Mas, caso queira tornar o arquivo ou pasta novamente “visível” basta remover o “.” (ponto) no início do nome de cada um deles 😉

IMPORTANTE
O processo mostrado apenas garante a ocultação do arquivo/pasta. Não garante a segurança do mesmo; já que qualquer com o conhecimento suficiente conseguirá visualizar os arquivos “escondidos” e reverter o processo!

Caso esteja procurando algo seguro, você precisará adotar recursos de criptografia de dados ou uso da esteganografia – “uso de técnicas para ocultar a existência de uma mensagem dentro de outra, uma forma de segurança por obscurantismo”.

Por quê esse recurso é possível?!

Para muitos isso pode ser uma falha ou vulnerabilidade do sistema. De acordo com o Linux Audit, tudo “começou” há muitos anos, quando os primeiros sistemas de arquivos foram criados no UNIX.

Para permitir a navegação fácil, um único arquivo com um ponto (.) foi adicionado em cada diretório. Em segundo lugar um arquivo de ponto duplo (..) foi adicionado para mover facilmente para cima na estrutura de diretório. Como esses arquivos não tinham dados reais neles, um “recurso” rápido foi adicionado ao binário “ls” – comando responsável por listar conteúdo de diretórios nos sistemas Linux.

O recurso, adicionado ao binário ls, envolveu a verificação do primeiro caractere. Se isso fosse um ponto, ele deve ser ignorado. E funcionou muito bem.

Sendo assim, o recurso foi criado para outros propósitos, mas até hoje muitos (principalmente, os programadores) usam para ocultar arquivos e/ou pastas no sistema. Mas, independentemente de tudo isso o recurso está disponível e uma “mão na roda” para quem deseja, facilmente, ocultar arquivos e pastas no Linux \o/

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários

Desenvolvedor ou Sysadmin? Leia isso...

Docker é uma plataforma para desenvolvimento, provisionamento e execução de aplicações usando tecnologia de containers.

Se você é um desenvolvedor ou sysadmin você poderá ter diversas vantagens usando a plataforma Docker:
  • Desenvolve uma vez...executa em qualquer lugar;
  • Sem preocupações (dependências e/ou pacotes)... foco no desenvolvimento;
  • Elimina inconsistências na entrega das aplicações e/ou serviços;;
  • Evita o “localhost funciona”;
  • Promove uma infraestrutura escalável;

Conheça o Curso Docker - Introdução a administração de containers. Ele é introdutório a plataforma Docker e lhe dará melhor compreensão sobre as vantagens da ferramenta.


Inscreva-se agora (50% OFF) »

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...