Por padrão, se for usuário do gerenciador de arquivos Gnome Nautilus, já deve ter observado que existe uma pasta “Templates” no diretório home do usuário. Em alguns gerenciadores de arquivos, há uma lista prévia de itens ao acionar o menu do botão direito do mouse, bem como “Criar um arquivo vazio” ou “Criar novo arquivo”. No entanto, gerenciadores de arquivos, como o Nautilus, permitem criar não apenas arquivos vazios simples, mas, modelos para muitos tipos de arquivos e documentos. Saiba como…

Nautilus

Gerenciador de arquivos padrão do ambiente gráfico GNOME, o Nautilus é um software simples e de código aberto que permite acesso a diretórios e arquivos, sendo eles locais ou remotos. Presente em diversas distribuições Linux:

Assim, em resumo, um Gerenciador de Arquivos é o responsável por manipular e controlar seus arquivos pessoais do sistema… tudo pelo ambiente gráfico. Além do Nautilus, existem outros como o DOLPHIN, KONQUEROR e NEMO.

Modelos de Documentos no Nautilus

Para criar Modelos de Documentos no Nautilus você usar a pasta padrão “Templates” ou “Modelos” (conforme o idioma do seu sistema) presente na pasta “home” do usuário. Todos os arquivos criados serão salvos nessa pasta, que automaticamente surgirão efeito no menu suspenso de itens do Nautilus.

Mas, se você, por algum motivo, apagou essa pasta padrão do sistema, será preciso recuperá-la (e não basta criar uma pasta com o nome “Templates” ou “Modelos”):

gedit ~/.config/user-dirs.dirs

Verifique se existe uma linha com o parâmetro abaixo – caso contrário adicione ao arquivo:

Pronto! Reinicie o Nautilus 😉

1- Modelo de Arquivo Vazio

Para criar um modelo de arquivo vazio simples, crie um arquivo vazio na pasta Modelos (~ / Templates). Crie o arquivo vazio com seu editor de texto favorito ou use este comando:

touch ~/Modelos/ArquivoVazio

Agora, clique com botão direito no Nautilus e veja o menu suspenso com a opção de criar um “ArquivoVazio” 😉

2- Modelo de Arquivos LibreOffice

Você, também, poderá criar arquivos “modelos” para arquivos do LibreOffice, como o Writer, Impress ou Calc. Eles podem ser arquivos vazios ou com conteúdo predefinido.

Isto é útil quando você precisa criar, com frequência, um mesmo modelo de documento. Por isso, basta criar um Modelo de Documento e iniciar, facilmente, pelo Nautilus 😉

Considerações

Sendo um arquivo e formato reconhecido pelo sistema, você pode criar qualquer tipo de Modelo de Arquivo. Por exemplo, um modelo de script shell script ou um modelo de arquivo HTML. Basta, criar e salvar dentro da pasta “Modelos” 😉

Além disso, você pode organizar seus modelos em subpastas. Para fazer isso, crie subdiretórios na pasta modelo. Desta forma, você pode ter seus modelos divididos por tópico ou uso:

Publicidade


Via | FedoraMagazine


Artigo publicado originalmente em 3 de abril de 2017 e modificado em 10 de janeiro de 2019