Entre 11 e 14 de setembro, o Open Source Summit , um evento patrocinado pela Linux Foundation, foi realizado este ano nos Estados Unidos (L.A). Diversas personalidades foram entrevistadas, entre elas Linus Torvalds, criador do Linux e o sistema de controle de versão Git 🙂

Em uma entrevista de Jim Zemlin, CEO da Linux Foundation, ele fala sobre o quão maravilhoso é trabalhar em algo que o motive. Em um projeto, o kernel Linux, com desafios técnicos contínuos, que evolui em alta velocidade e que realmente tem um impacto na sociedade.

Torvalds foi perguntado em uma conversa principal sobre o atual estado de segurança no Linux (um dos tópicos mais discutidos), especialmente porque o projeto Struts, de fonte aberta, foi suposto ser a causa raiz da recente violação de dados da Equifax.

“O conceito de segurança absoluta não existe“, disse Torvalds. “Mesmo que façamos um trabalho perfeito – e tentamos fazer isso – sejamos honestos, sempre haverá erros (bugs)”, complementa. “Você não pode alcançar uma segurança absoluta, mas as pessoas que implementam modelos estão muito melhores hoje; estamos fazendo melhorias óbvias “, disse Torvalds sobre a segurança do kernel do Linux.

Além disso, ele ressalta que o kernel Linux fez melhorias significativas no problema de segurança, automatizando a resposta a várias ameaças através de várias técnicas fuzzing, que desde então foram adotadas por outros projetos. Mas, se impressiona como “[…] há pessoas inteligentes fazendo coisas ruins“.

“Eu queria que estivessem do nosso lado, assim eles poderiam nos ajudar”, disse Torvalds. “Nós melhoraríamos a segurança e conseguiríamos que aqueles que estão interessados em segurança venha até nós antes de nos atacarem“, acrescentou.

Publicidade

Entrevista Completa

Via | Eweek | YouTube


Artigo publicado originalmente em 19 de setembro de 2017 e modificado em 9 de janeiro de 2019