Instale e configure serviços de rede facilmente usando o TurnKey Linux

O Turnkey Linux é um verdadeiro “canivete suíço” para administradores de serviços de rede; como Apache Web, Mysql, Owncloud e outros. O TurnKey Linux, projeto open source e criado em 2008, possui uma coletânea de aplicações pré-configuradas para execução de um serviço (virtual appliances). Atualmente, essa ferramenta trabalha baseada no Debian 7 wheezy e continua em constante atualização.

O objetivo principal do TurnKey Linux é permitir ao administrador realizar a gestão e configuração de mais de 100 soluções web facilmente; reduzindo ao mínimo o tempo de instalação, configuração e especialmente a gestão do ambiente das aplicações. Isso resulta em um servidor leve e enxuto, aumentando a eficiência e reduzindo os riscos de segurança.

“We believe everything that can be easy, should be easy.”

Fonte Site Oficial

Exemplificando, cada serviço desejado, tais como: Git, WordPress, Joomla, Drupal, eCommerce, etc, pode ser testado via live CD e instalado no servidor através do seu Live Installer ou iniciado em sistemas com VirtualBox ou via cloud (OpenStack), OpenVZ, Xen e outros.

VISÃO GERAL DO SERVIÇOS

  • Aplicativos Especiais: como PDC, Torrent Server e Zimbra;
  • Gerenciadores de Conteúdo: como WordPress, Joomla, Drupal e Django;
  • Desenvolvimento Web: como Ruby on Rails, Java e PHP Frameworks;
  • Aplicativos de Acompanhamento: como Gerenciadores de Projetos;
  • Messenger: como Aplicativos de Microblogging e Servidores de XMPP (OpenFire);
  • E muito mais…

POR QUE USAR O TURNKEY LINUX?

  • Ganhe Tempo: mais de 100 aplicações prontas para uso
  • Facilidade: desenvolvido para ser simples e funcional, incluindo gerenciamento web facilitado
  • Segurança: atualizações automáticas de segurança
  • OpenSource: livre de licenças e fácil para customizar de acordo com suas necessidades
  • Estável: atualmente baseado no Debian 7.2 Wheezy. Persiste em constantes atualizações
  • Leve: Cada virtual appliance vem com o mínimo necessário instalado, exigindo muito menos processamento
  • Muito mais…

MÃO NA MASSA

Um dos mais populares serviços utilizados é o LAMP (LINUX + APACHE + MYSQL + PHP). Para exemplificar o uso do TurnKey Linux, foi criado um virtual appliance com a combinação de todos esses serviços, oferecendo maior integração desses componentes. Nesse exemplo, o virtual appliance oferece suporte a SSL, inclui XCache PHP accelerator, PHPMyAdmin para administrar a base de dados MySQL. Além disso, vem pré-configurado o Webmin com módulos para configurar o Apache2 (VHost’s), PHP, MySQL e Postfix (email).

LEMBRANDO: isto é apenas um exemplo do LAMP. Para outros tipos de serviços; como OwnCloud, CMS Joomla, OTRS, Redmine e outros, você pode encontrar todos os componentes fundamentais, de cada serviço, pré-configurados. Para conferir a lista de todos os serviços oferecidos pelo TurnKey Linux acesse aqui.

Sendo assim, é preciso baixar o virtual appliance do LAMP no link que segue. Escolha o modo de sua preferência (imagem ISO, Virtual Machine VMware, e outros).

ARTIGOS RELACIONADOS

O que você precisa saber antes de começar a criar e utilizar máquinas virtuais

O uso de máquinas virtuais é imprescindível no momento em que se decide trabalhar com Servidores Linux! Em grandes Datacenters sempre há o uso desse recurso… [Leia mais]

5 motivos pelos quais você deve usar o recurso da virtualização de sistemas

Virtualizar sistemas operacionais é um recurso bastante utilizado por Administradores de Redes em DataCenters. Um motivo óbvio para tal uso é, sem dúvidas, ter a … [Leia mais]

Depois de baixado, basta seguir os passos naturais de uma instalação de um sistema Operacional Linux.

NOTA: atente-se para as senhas que serão solicitadas no processo de instalação. Estas são respectivamente, para o usuário root do sistema e usuário root do Mysql. Por fim, ignore a seção “Turnkeys Backup and Migration”.

No término da instalação será exibido um resumo de configuração de rede todos os serviços. Para concluir basta avançar o processo de instalação e clicar na opção “Quit”.

Caso você não tenha sua rede configurada com DHCP, clique não opção “Advanced Menu” e escolha o item “Networking” para configurar sua rede manualmente.

Usando a ferramenta

Com a ferramenta instalada, basta acessar o endereço principal (acesso web) exibido no término da instalação e começar a configurar seu serviço 😉

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários


VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...