Muitos usuários migram para o Linux, mas não podem dispensar as suas tarefas de programador. Para facilitar sua pesquisa pela “IDE perfeita” segue uma lista com 10 opções para o universo Linux. Lembrando que, livre de comparações com outros sistemas ou programas, essas 10 opções podem suprir completamente suas necessidades.

1 – APTANA STUDIO

 

Aptana Studio é desenvolvido em JAVA e baseado no Eclipse tem suporte para as linguagens HTML, JavaScript, CSS, ScriptDoc, PHP, Ruby on Rails, Adobe AIR. Embora seja baseado no Eclipse, o Aptana possui uma versão standalone, ou seja, uma versão “sozinho”, você não precisa ter instalado o Eclipse para usar o Aptana. Mas, se preferir, ele pode ser instalado como um plugin no Eclipse.

 

2 – BLUEFISH

 

O Bluefish é um poderoso editor de texto focado na edição de websites dinâmicos. Proporciona desenvolvimento em (entre outras) HTML, XHTML, CSS, XML, PHP, C, Javascript, Java, SQL, Perl, ColdFusion, JSP, Python, Ruby, e shell. Bluefish está disponível na maioria das plataformas, incluindo Linux, Solaris, Mac OS X, e Windows.

 

3 – BLUEGRIFFON

 

BlueGriffon é um software livre destinado a edição HTML. De acordo com os criadores, ele é baseado no Gecko, o motor de renderização do Firefox. A versão estável foi lançada recentemente e é possível efetuar a instalação em Mac OS X, Windows e Linux.

 

4 – BRACKETS

 

Conhecido como o editor open source da Adobe! Ele é um editor de código livre da Adobe construído com JavaScript, HTML e CSS. Ele foi desenhado para ser fácil para os web developers. É multi-plataforma, e como é código livre você pode baixar o fonte, alterá-lo e disponibilizar a vontade 😉

 

5 – CODE BLOCKS

 

O CodeBlocks é um IDE livre para C++ construído para atender às mais exigentes necessidades de seus usuários.
Ele é projetado para ser muito extensível e totalmente configurável. Realmente um IDE com todos os recursos que você precisa para programar em C/C++.

 

6 – GEANY

 

Geany é uma IDE que possui como característica ser bastante leve e rápido, possuindo suporte à diversas linguagens de programação. O programa também também suporta o highlightining (colorir) de sintaxe e emulação de terminal. Geany permite que programas sejam escritos, executados e depurados de maneira bastante simples. O seu principal destaque é o número de linguagens suportadas, entre elas: C, C#, C++, HTML,Java, Javascript, LaTeX, Lua, Pascal, Perl, PHP, Python e outras.

 

7 – JEDIT

 

jEdit é um editor escrito em java e funciona no Windows, Linux, Mac OS X e em vários outros sistemas operacionais. Existem dezenas de plug-ins para várias áreas de atuação. O destaque da sintaxe é suportado nativamente para mais de 130 formatos de arquivos (suporte para formatos adicionais pode ser inserido manualmente usando arquivos XML). jEdit suporta UTF-8 e muitas outras codificações.

 

8 – MONODEVELOP

 

O Mono Develop é uma IDE criada primariamente para o desenvolvimento em C/C++ C# e linguagens baseadas em .NET (ASP.NET, Visual Basic.NET). Dessa forma, é possível montar e exportar aplicações em ASP.NET de maneira rápida e fácil, bem como importar e portabilizar aplicações .NET desenvolvidas no Visual Studio para plataformas como Linux e Mac.

 

9 – NETBEANS

 

O NetBeans IDE é um ambiente de desenvolvimento gratuito e de código aberto para desenvolvedores de software nas linguagens Java, C, C++, PHP, Groovy, Ruby, entre outras. O IDE é executado em muitas plataformas, como Windows, Linux, Solaris e MacOS. O NetBeans IDE oferece aos desenvolvedores ferramentas necessárias para criar aplicativos profissionais de desktop, empresariais, Web e móveis multiplataformas.

 

10 – SUBLIME TEXT 2

 

Algumas das linguagens suportadas, pelo Sublime Text 2, são: C, C++, C#, CSS, HTML, Haskell, Java, LaTex, PHP, Ruby, SQL, XML, JavaScript, Groovy e várias outras.

Publicidade

 

EXTRA – GAMBAS

 

Em apoio a comunidade BRGAMBAS (http://www.brgambas.com/) adicionei a IDE GAMBAS. Ela é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) para Linux que tenta reproduzir a facilidade de uso do Visual Basic. O principal desenvolvedor do Gambas é o francês Benoit Minisini, mas conta com a ajuda de outros desenvolvedores. Está licenciado sob a GPL 2.