Este material dá uma visão geral de 5 ferramentas de linha de comando que são muito úteis para solucionar problemas ou monitorar as atividades do disco em tempo real no Linux. Essas ferramentas estão disponíveis nas principais distribuições Linux.

AVISO
A lista está disposta em ordem alfabética. E não representa qual pode ser a mais indicada para as diversas situações que poderão existir. Cabe ao usuário analisar o resultado e as funcionalidades de cada uma delas; e escolher a ferramenta mais adequada para o momento.

1- IOSTAT

Esta ferramenta exibe estatísticas de uso do processador e estatísticas de Leitura/Escrita das partições do disco. Ela coleta as estatísticas de disco, aguarda por determinado período de tempo, recolhe-as novamente e mostra o resultado. Cada relatório, a cada intervalo X de segundos, incluem as estatísticas da CPU e as estatísticas de disco.

As estatísticas de disco incluem o número de solicitações de Leitura/Escrita por segundo (TPS), a taxa de leitura e escrita (kB_read/s e kB_write/s) e a quantidade de dados lidos e escritos (kB_read e kB_wrtn). Tendo essas informações por um segundo, o usuário será capaz de identificar qual tipo de acesso está sendo exaustivamente realizado no sistema no momento. Em outras palavras, se estão sendo feitas maiores quantidades de requisições de leitura ou escrita, além de constatar se o disco está com sobrecarga de operações de Leitura/Escrita.

EXEMPLO

Exibe as estatísticas do diretório específico (/home/ricardo) em megabytes (-m), somente do disco (-d), num intervalo de 5 segundos (5):

iostat -m 5 -d /home/ricardo

iostat em ação

INSTALAÇÃO

A ferramenta iostat faz parte do pacote de ferramentas do sysstat. Portanto, é preciso instalá-lo para obter todas as funcionalidades do iostat:

Debian/Derivados:

sudo apt-get install sysstat

Fedora:

sudo dnf install sysstat

2- IOTOP

iotop é uma ferramenta baseada na ferramenta top. O objetivo principal é monitorar a Leitura/Escrita de disco e informar, exatamente, quais os processos ou usuários que estão consumindo mais recursos.

EXEMPLO

Exibe as estatísticas de Leitura/Escrita no exato momento da execução do comando (-o):

iotop -o

iotop em ação

INSTALAÇÃO

Debian/Derivados:

sudo apt-get install iotop

3- DSTAT

É uma ferramenta completa que pode substituir o iostat, netstat e outras ferramentas de estatísticas. É possível, por exemplo, descobrir o processo que, atualmente, consome a maior parte da RAM e visualizar quem está gerando mais Leitura/Escrita no disco. Além disso, a ferramenta permite visualizar a CPU, disco e carga de rede.

EXEMPLO

Exibe as estatísticas da CPU (-c), do disco (-d), da utilização do disco (–disk-util) e transações de Leitura/Escrita do mesmo (–disk-tps):

dstat -cd –disk-util –disk-tps

dstat em ação

INSTALAÇÃO

Debian/Derivados:

sudo apt-get install dstat

Fedora:

sudo dnf install dstat

4- ATOP

atop é ferramenta capaz de monitorar o desempenho de todos os processos do sistema, trabalha com logs diários do sistema e análise de longo prazo. Ela faz um excelente trabalho de resumir as mudanças em cada intervalo. Ao contrário dos outros, a ferramenta atop pode listar todos os processos que causaram quaisquer alterações ao nível do sistema durante o intervalo – esse recurso está presente apenas no atop.

É capaz de mostrar a carga e atividades da CPU, memória, swap, discos e camadas de rede. E para cada processo ativo, ele mostra a utilização da CPU.

EXEMPLO

Exibe as estatísticas num intervalo de 1 segundo (1):

atop 1

A seção superior deve ser lida da esquerda para a direita: PRC mostra informações do processo, CPU a divisão de uso de CPU, CPL as médias de carga, MEM o uso de memória, SWP o uso do arquivo de swap e DSK e NET as informações de disco e rede, respectivamente. A seção inferior mostra os processos que fizeram coisas interessantes durante o intervalo estipulado.

INSTALAÇÃO

Debian/Derivados:

sudo apt-get install atop

Fedora:

sudo dnf install atop

5- IOPING

ioping é uma ferramenta capaz de verificar a latência de determinado volume de armazenamento. É útil para verificar se os tempos de Leitura/Escrita de disco estão elevados são devido a uma degradação do disco, rede ou hardware, por exemplo.

EXEMPLO

Exibe o tempo de resposta da partição do disco (/dev/sda1) depois de realizado alguns testes (10):

ioping -c 10 /dev/sda1

ioping em ação

Números baixos (<1ms) e baixa variação nos números são indicadores de um volume de armazenamento saudável.

INSTALAÇÃO

Debian/Derivados:

sudo apt-get install ioping

Fedora:

Publicidade
sudo dnf install ioping

Via | OpsDash