Saiba como verificar a vida útil do seu disco rígido

Todos sabem que os discos rígidos (HD) são equipamentos feitos de componentes mecânicos, suscetíveis a desgastes com o passar do tempo. Prever quando um HD irá falhar totalmente é quase improvável, pois defeitos podem começar a aparecer por vários motivos; até mesmo pela própria utilização normal do dispositivo. Portanto, para evitar os famosos badblocks, setores defeituosos na superfície do disco magnético, que dificultam a leitura/escrita de dados deixando o tempo de resposta do disco muito lento, você precisa saber diagnosticar o estado atual do disco; antes mesmo que ele comece a falhar!

(Infelizmente) Este artigo foi baseado no meu notebook, com Ubuntu 12.04 LTS instalado. Felizmente, obtive informações de erro do disco antes mesmo que pudesse perder todos os meus dados! Então, recomendo a todos que façam backup (cópia de segurança) de seus arquivos constantemente – nunca se sabe quando um HD poderá nos deixar na mão :(

Atualmente os discos rígidos modernos podem realocar ou marcar os badblocks automaticamente através do serviço de monitoramento chamado SMART. Isso é impercetivel ao sistema operacional e ao usuário por se um tratamento na camada de hardware do HD sendo desnecessário o intervenção manual, mas nem sempre esse tratamento é feito com sucesso.

É possível monitorar os erros de leitura do HD (mesmo antes dos badblocks começarem a aparecer) usando o SMART. No Linux, este recurso é disponibilizado através do “smartmontools“, um pacote disponível nos repositórios da maioria das distribuições e também no http://smartmontools.sourceforge.net/.

SMARTMONTOOLS

Todos recursos da ferramenta podem ser acessadas usando o utilitário smartctl.

Para começarmos a diagnosticar o disco é preciso acessar o terminal e executar o comando abaixo – responsável por coletar as informações do drive do disco:

sudo smartctl -i /dev/sda

Caso esteja informando: SMART support is: Disabled. Basta executar o comando [ sudo smartctl -s on /dev/sda ] para ativar o SMART!

Diagnosticando seu disco

O smartmontools oferece diversos níveis de diagnósticos – Rápido e Longo. No nível mais rápido já é possível coletar muitas informações úteis sobre a vida útil do seu disco!

Em primeiro lugar, execute o comando abaixo; para um diagnóstico rápido que leva cerca de 2 minutos:

sudo smartctl -t short /dev/sda

Logo em seguida, execute o comando abaixo para exibir um relatório de todos os auto-testes realizados e o status de cada um.

sudo smartctl -l selftest /dev/sda

Num HD saudável, todos reportarão “Completed without error”. Contudo, no meu caso obtive o seguinte:

Como pode reparar, foi listado alguns erros na coluna STATUS. Isto caracteriza problemas no disco analisado. Para adquirir informações mais consistentes sobre esta situação é preciso executar outro comando!

O uso do parâmetro “-H” (health) exibe um diagnóstico rápido e preciso:

sudo smartctl -H /dev/sda

Com este comando, obtive a certeza que meu disco está com um erro iminente:

Como foi destacado, o resultado do diagnóstico foi FAILED e com uma solução prática: SAVE ALL DATA (salve todos os seus dados)!

Mas é importante salientar alguns tópicos. A coluna TYPE (como destacada) descreve o tipo de falha. Neste caso, um disco “FAILED” não é um local seguro para guardar seus dados, mas em muitos casos ainda pode funcionar por alguns meses. Portanto, os casos marcados como TYPE “Old_age” indicam sintomas de que o HD está no final de sua vida útil, mas não significam por sí só problemas iminentes. Os mais graves são os TYPE “Pre-Fail”, que indicam que o HD está no final de sua vida útil – o meu caso :(

Na coluna “WHEN_FAILED” (a mais importante), você vê o status FAILING_NOW. Num HD saudável, esta coluna fica limpa para todas as opções, indicando que o HD nunca apresentou os erros!

Embora relativamente raro, em muitos casos o drive pode realmente se perder menos de 24 horas depois de indicado o erro, por isso transfira todos os dados importante imediatamente!!

Solução?!

Naturalmente, não basta executar estes testes apenas uma vez, pois erros graves podem aparecer a qualquer momento. Você só terá segurança se eles forem executados periodicamente.

No caso do Ubuntu, existe a ferramenta “Utilitários de Unidades” como ferramenta padrão de diagnóstico usando o SMART (foi através dele que recebi informações sobre o estado do disco – de tempos em tempos ele faz a checagem do estado da vida útil do HD)

Mas infelizmente, na maioria dos casos o problema é irreparável! Sempre é recomendado a realização do backup imediata e a troca do disco comprometido! Contudo, encontrei um material que tenta (ele conseguiu, mas eu não) resolver o problema de badblocks usando a ferramenta hdrecover. Este processo é bastante demorado (horas e horas) e você garante que está sujeito a perda de dados no momento da recuperação!

Para maiores informações, segue:

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários

Desenvolvedor ou Sysadmin? Leia isso...

Docker é uma plataforma para desenvolvimento, provisionamento e execução de aplicações usando tecnologia de containers.

Se você é um desenvolvedor ou sysadmin você poderá ter diversas vantagens usando a plataforma Docker:
  • Desenvolve uma vez...executa em qualquer lugar;
  • Sem preocupações (dependências e/ou pacotes)... foco no desenvolvimento;
  • Elimina inconsistências na entrega das aplicações e/ou serviços;;
  • Evita o “localhost funciona”;
  • Promove uma infraestrutura escalável;

Conheça o Curso Docker - Introdução a administração de containers. Ele é introdutório a plataforma Docker e lhe dará melhor compreensão sobre as vantagens da ferramenta.


Inscreva-se agora (50% OFF) »

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...

  • TNT

    E se maquina for virtual ? vai ser feita somente a analise do disco virtual ?

    • linux10complica

      Com certeza

  • Taciano Morais Silva

    Olá,

    Meu disco é particionado com Linux e Windows. Ele fará algo na partição Windows?

    Ótimo artigo!

    []’s

    • linux10complica

      Olá,

      ele verifica a saúde de todo disco rígido, independentemente de quantas partições possuir. Não se preocupe, nenhum dado ou informação será alterada ou perdida no processo de execução da ferramenta. Pelo contrário, é útil para você ter conhecimento de como estar seu HD.

      Obrigado pelo comentário.

      • Taciano Morais Silva

        Obrigado!