Wine 2.0 é liberado oficialmente com suporte ao Office 2013 e melhorias ao Direct3D 10/11

Wine-2.0-divulgado-linuxdescomplicado-h

Depois de mais de um ano de desenvolvimento, desde a última versão estável, muitos recursos novos foram divulgados nessa nova versão. Entre as mais de 6.600 mudanças, divulgadas no anúncio oficial, o suporte ao Microsoft Office 2013, GStreamer 1.0, arquitetura 64 bits no macOS e melhorias ao Direct3D 10/11 merecem destaque.

Wine 2.0

O Wine (Wine Is Not an Emulator) é um aplicativo que permite rodar aplicativos nativos do Windows em outros sistemas operacionais, inclusive no Linux. Ele não emula integralmente o Windows em outro sistema, apenas “traduz” as bibliotecas nativas do Windows no momento que o programa é executado. Assim, garante um desempenho confiável e sem retardos.

Assim, ontem (24) foi divulgada a liberação da versão 2.0 – em desenvolvimento por mais de 1 ano. Muitos dos avanços na versão de desenvolvimento (normalmente, terminadas com numeração ímpar, por exemplo Wine 1.9) não foram incluídas nessa versão estável; por não esteram prontas. Assim, somente os usuários da versão em desenvolvimento que têm acesso a elas. Entretanto, a versão 2.0 é estável e cheia de novidades.

Esta versão representa um grande esforço de desenvolvimento que gerou 6.600 mudanças em relação a última versão estável (1.8.6). Os principais destaques são: o suporte para o Microsoft Office 2013 e o suporte de 64 bits no macOS.

Além disso, essa versão contém um monte de melhorias que culminam num suporte para jogos e aplicativos quem demandam recurso gráfico melhorado, bem como: suporte ao Direct3D, DirectDraw e D3DX

Assim, em resumo as outras mudanças são:

– suporte ao GStreamer versão 1.0 – framework multimídia para controle de fluxos de áudio e vídeo;
– suporte a driver de gráficos macOS em alta resolução (“Retina”);
– suporte da área de transferência é reimplementado para uma melhor compatibilidade;
e muito mais.

Inclusive, esta versão será a primeira a se ajustar a um calendário anual de lançamento de versões estáveis​.


Via | MuyLinux

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários

Curso Docker - Introdução a administração de containers

Docker é uma plataforma para desenvolvimento, provisionamento e execução de aplicações usando tecnologia de containers.

Se você é um desenvolvedor ou sysadmin você poderá ter diversas vantagens usando a plataforma Docker:
  • Desenvolve uma vez...executa em qualquer lugar;
  • Sem preocupações (dependências e/ou pacotes)... foco no desenvolvimento;
  • Elimina inconsistências na entrega das aplicações e/ou serviços;;
  • Evita o “localhost funciona”;
  • Promove uma infraestrutura escalável;

Este curso é introdutório a plataforma Docker e lhe dará melhor compreensão sobre as vantagens da ferramenta.


Inscreva-se agora »

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...

  • Taverna do URF

    Sabe dizer se será disponibilizada nos repos das distros amigo?

    • linux10complica

      Em distros rolling release (Arch Linux e Tumbleweed), provavelmente, nos próximos dias já terão essa versão nos seus repos. Já distros fixed (Ubuntu e derivados), por enquanto somente via PPA’s:

      sudo add-apt-repository ppa:wine/wine-builds
      sudo apt-get update
      sudo apt-get install wine-staging

      E as distros que não suportam PPA’s, nativamente, somente adicionar um repo específico: https://www.winehq.org/download

      • Taverna do URF

        valeu