Devido a “falta de qualidade” das imagens do Debian Live, os desenvolvedores estão pensando em removê-las nos próximos lançamentos. Isso deixaria apenas as imagens do instalador Debian disponíveis.

Há uma discussão iniciada, no mês de junho (2017), pelo desenvolvedor Debian Steve McIntyre, sobre a continuidade das imagens Debian Live – “Do live Debian images have a future?“.

Diante dessa discussão, uma pauta nas discussões, iniciadas hoje (04), entre os desenvolvedores Debian (Debian Developers News), foi criada com esse assunto.

Manter imagens Debian Live no futuro?

Recentemente, no lançamento do Debian 9 alguns problemas com as imagens Debian Live foram expostos. Inclusive, alguns dias após esse lançamento.

Entre vários motivos possíveis, as discussões sobre esse assunto estão ficando mais latentes no meio da comunidade de desenvolvedores Debian. Colocando em pauta, até, a qualidade das imagens Debian Live – consideradas com níveis não desejados.

Uma das vertentes mostra que por falta de mantenedores e usuários que relatem problemas encontrados, as discussões sobre este assunto teriam aumentado agora. Por exemplo, discute-se erros com a codificação de caracteres das Lives no ambiente KDE Plasma que não correspondem com quando o sistema está instalado. O sudo não estar sendo configurado corretamente e outros problemas.

Por fim, algumas das questões levantadas foram corrigidas no lançamento do Debian 9.1 (versão recomendada), mas outros problemas persistem. Se as imagens Debian Live vão continuar… não se sabe. Mas, o que está claro é que precisa-se de mais ajuda para testar e desenvolver para este ambiente.

Se realmente abandonarem as imagens Debian Live seria a segundo grande distribuição Linux a fazer isso. Recentemente, openSUSE Leap o fez. Mas, você ainda usa imagens Live da sua distribuição?!

Publicidade

Via | Phoronix


Artigo publicado originalmente em 4 de agosto de 2017 e modificado em 30 de dezembro de 2018