Krita – software livre para ilustração, pintura digital e, agora, com suporte a animação 2D

Krita é uma poderosa ferramenta para criação de ilustração e pinturas digitais. Além disso, pode ser usado para retoques e manipulação de fotografia, conversor de formatos; pois suporta vários modelos de cores e pintura HDR. Por sua vasta coleção de pincéis, filtros, texturas e outros recursos, é amplamente usada por designers para criação de “concept arts”, histórias em quadrinhos, renderização de texturas, entre outros. Com lançamento da versão 3.0, novos recursos foram divulgados; entre eles: o suporte para animação Frame-By-Frame e a capacidade de trabalhar com grandes telas e pincéis, devido a funcionalidade de visualização instantânea.

AUMENTE SUA PRODUTIVIDADE!
Crie e administre aplicações entre ambientes diferentes. Tenha agilidade e padronização na entrega dos serviços de TI. E, assim, ganhe tempo e seja eficiente na entrega desses serviços. Saiba como

O Software krita

É uma aplicação nativa do KDE destinada para criação de ilustração e pinturas digitais. É robusta, pois oferece muitos recursos que não existem em nenhum outro editor de imagens gratuito. Como por exemplo: esquema de cores RGBA, Cinza, CMYK, Direito, YCbCr, XYZ em 8 bits inteiro, 16 bits inteiro, 16 bits de ponto flutuante, 32 bits de ponto flutuante, profundidade de 8 a 32 bits em cada canal, layers pseudo infinito, gestão de cores, filtro de equilíbrio de cores, ferramentas de clone para camadas bases, e muito mais!

Além disso, é uma ferramenta software livre projetado para artistas conceituais, ilustradores, artistas fosco e textura. Sua primeira versão foi lançada em 2005; e desde então tem tido um crescimento enorme. Pois, oferece muitos recursos inovadores para ajudar amadores e profissionais a realizarem seus trabalhos. Assim, diferentemente do GIMP, o Krita tem um nicho próprio de usuários e profissionais.

Conforme história oficial, a partir de 2009, o projeto Krita começou a receber financiamentos para alavancar o projeto; por meio de desenvolvimento financiado através do Google Summer of Code, por exemplo. Isso deu origem a um grande salto na estabilidade e desempenho do projeto. Em 2013, a comunidade Krita criou a Fundação Krita, para fornecer mais apoio para o desenvolvimento.

Veja abaixo um vídeo, da versão 2.9, exibindo as principais funcionalidades do Krita:

Para visualizar mais recursos oferecidos pela ferramenta, acesse aqui. Também é possível acompanhar uma documentação completa oferecida pela comunidade Krita, onde lhe dará todo suporte necessário para iniciar seu aprendizado na ferramenta.

Krita 3.0 – um marco de desenvolvimento

Em 31 de maio de 2016, a Fundação Krita lançou mais uma nova versão da sua poderosa ferramenta de desenho. Por volta de 6 meses de desenvolvimento, essa versão foi totalmente portada para a geração Qt 5. Além disso, possui suporte para animação Frame-By-Frame e permite trabalhar com grandes telas e pincéis, graças à funcionalidade de visualização instantânea.

krita-3.0

Krita 3.0 – Divulgação oficial

Muitos dos novos recursos foram financiados pela campanha do Kickstarter, em 2015. Em 2016, uma outra campanha Kickstarter foi divulgada e ainda está em vigor. O financiamento dessa campanha será usado na versão 3.1, prevista para o final de 2016.

Entre as diversas funcionalidades divulgadas, destaco o suporte a animação True Blue 2d Frame-By-Frame, fluxo de trabalho mais rápido, melhorias para atalhos, guias e grades de encaixe, vários novos filtros (filtros e plugins como o G’MIC), aperfeiçoamentos na interface do usuário e um novo manual.

Houve também, comparadas com a versão 2.9, uma mudança de onde são salvas as configurações e recursos da aplicação. Isso permite que ambas versões possam ser usadas simultaneamente, sem conflitos. Segue tutorial, oficial, sobre a migração dessas configurações.

Para acompanhar um review completo da nova versão, assista o vídeo no início da postagem ou através desse link.

Download e Instalação

O Krita é multiplataforma. Contudo, até o momento, a versão 3.0 ainda não está disponível nos repositórios oficiais das principais distribuições GNU/Linux. Contudo, através da AppImage – ferramenta que permite executar aplicações Linux independente da distribuição usada, é possível testar esta última versão (apenas 64 bits).

Para baixar essa aplicação AppImage, acesse aqui. Se tiver dúvida de como usar o AppImage, acesse um tutorial completo de como usá-lo aqui.


Via | Krita.org | LamiradaReplicante | LinuxBuzz

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários


VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...