Suíte office ONLYOFFICE Desktop libera seu código e torna-se uma alternativa viável para editores de documentos no Linux

onlyoffice-opensource_2016-linuxdescomplicado

O projeto ONLYOFFICE Desktop decidiu liberar, sob a licença AGPL v.3, o código do seu software para desktop tornando-se, assim, open source. Em resumo, a suíte office ONLYOFFICE é uma plataforma de documentos integrada que oferece versões server, cloud e desktop; tanto para Linux, OS X ou Windows. Além disso, pode ser integrado com outras soluções baseadas em nuvem ou voltadas para servidores, bem como o Owncloud. Assim, a a suíte office ONLYOFFICE Desktop torna-se uma alternativa viável para editores de documentos no Linux.

ONLYOFFICE Desktop Editors

Conforme nota oficial, a versão Desktop agora está disponível como open source sob a licença AGPL v.3 – com código hospedado no GitHub. No rol dos projetos open source da empresa, a versão Desktop junta-se a já conhecida versão server Community Edition – versão gratuita e aberta para você montar seu próprio servidor online de documentos que permite abrir, criar e editar documentos, apresentações e planilhas, compatível com os formatos do Microsoft Office e do OpenDocument, entre outros. Contudo, essa verão Community é limitada e com menos recursos que as versões Enterprises disponíveis. Veja um comparativo.

Por outro lado, a versão Desktop, divulgada inicialmente em março de 2016, chega para se tornar uma alternativa viável para editores de documentos disponíveis para Linux – muito mais agora, depois de se tornar open source. Essa versão, diferentemente da versão server, possibilita você trabalhar com um editor de texto, tabelas e apresentações em modo offline. Além disso, permite, facilmente, alternar para o modo online para editar documentos colaborativamente com outras pessoas.

onlyoffice-desktop-free-opensource

A versão Desktop é altamente compatível com o formatos do MS Office e formatos populares, incluindo ODF. No modo online você pode usar todos os recursos de colaboração disponíveis e recursos de bate-papo. A versão atual está disponível para Windows (ambos 64 bits e 32 bits), Mac OS 10.10 ou superior e Linux (Debian, Ubuntu e derivados).

Principais recursos

– Interface baseada em abas;
– Funções podem ser estendidas através de plugins (extensão Chrome, modelos, OCR, tradutores, Youtube, etc.);
– Compatibilidade com a maioria dos formatos de arquivo populares, incluindo MS Office e LibreOffice: DOC, DOCX, ODT, RTF, TXT, PDF, HTML, EPUB, XPS, DjVu;
– Edições colaborativas de documentos, permitindo que vários usuários trabalhem, sincronizem e visualizem alterações em tempo real;
– E mais…

Como instalar?!

Disponível para a maioria das distribuições Linux:

ATENÇÃO
Disponível somente para sistemas 64 bits.

Para as distros baseadas nos pacotes RPM, bem como: RHEL, CentOS 7 Fedora 23/24, Mageia e openSUSE (essas duas últimas com ressalvas de dependências de pacotes), é preciso baixar o pacote rpm disponível aqui. Depois execute o comando de instalação:

sudo rpm -i onlyoffice-desktopeditors-x86_64.rpm

Para as distros baseadas nos pacotes DEB, é preciso baixar o pacote deb disponível aqui. Depois execute o comando de instalação:

sudo dkpg -i onlyoffice-desktopeditors_amd64.deb

Também é disponibilizado um instalador em modo genérico gráfico (gui-package), disponível para qualquer distribuição; pois contém um script simples de instalação. Baixe-o aqui e execute os comandos abaixo:

chmod +x ./onlyoffice-dektopeditors-installer-x64
./onlyoffice-dektopeditors-installer-x64

Via | Lamiradareplicante | Referência da base da imagem de cabeçalho

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários

Curso Docker - Introdução a administração de containers

Docker é uma plataforma para desenvolvimento, provisionamento e execução de aplicações usando tecnologia de containers.

Se você é um desenvolvedor ou sysadmin você poderá ter diversas vantagens usando a plataforma Docker:
  • Desenvolve uma vez...executa em qualquer lugar;
  • Sem preocupações (dependências e/ou pacotes)... foco no desenvolvimento;
  • Elimina inconsistências na entrega das aplicações e/ou serviços;;
  • Evita o “localhost funciona”;
  • Promove uma infraestrutura escalável;

Este curso é introdutório a plataforma Docker e lhe dará melhor compreensão sobre as vantagens da ferramenta.


Inscreva-se agora »

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...

  • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Ótimo.
    Ainda não chega aos pés do office da ms, mas pelo menos já tem um visual mais bonito e sóbrio. Diferente do libreoffice que parece um ms office 97.

    • Flávio Fearn

      Concordo. Na empresa em que trabalho a suíte principal é o Office 2010 – que considero a melhor versão – e em casa uso o LibreOffice, no Manjaro Deepin, e é um choque térmico em termos visuais e de praticidade também. Parece que parou no tempo.

  • Taverna do URF

    Estou usando a WPS no KDE Neon, será que vira mudar?

  • GHOC

    Vou testar, se não tiver bugs infantis pode ser ótimo.

  • Tecnologia da Informação Araçu

    O aplicativo conta com locales em diversos idiomas, no diretório /opt/onlyoffice/desktopeditors/locales.
    Podemos deixar a interface dos editores em português com o commando: “/opt/onlyoffice/desktopeditors/onlyoffice-desktopeditors.sh
    –keeplang:pt BR” que irá salvar no config do usuário a informação do
    idioma a ser utilizado. Ainda não consegui mudar a interface inicial e
    nem o corretor para português automaticamente, mas isso indica ser
    possível…
    Olhando atentamente podemos verificar o arquivo de
    configuração (~/.config/onlyoffice/DesktopEditors.conf )e adicionar o
    locale=pt-BR manualmente…

  • Andrius Levi

    O programa é excelente, mas não acentua. Ele até tem a opção de dicionário em Português, mas não acentua. Alguém já descobriu como fazer isso?