Está sendo desenvolvida uma nova ferramenta que permite usuários desenvolvedores criarem seus próprios repositórios de pacotes Arch Linux, com suporte aos pacotes AUR – repositório não oficial, criado e mantido pelos próprios usuários do Arch Linux. Denominado Arch-PPA, criado por Ryan McGuire, essa ferramenta está prometendo ajudar usuários a criarem repositórios pessoais no Arch Linux.

Contextaulizando

O Arch User Repository (AUR) é um repositório, não oficial, criado e mantido pelos próprios usuários do Arch Linux. Muitos deles criam seus próprios pacotes a partir do código fonte. Contudo, o repositório oficial do ArchLinux não contempla todos os pacotes criados no repositório AUR. Mesmo assim, muitos pacotes novos no Arch Linux começam no repositório AUR. Pois, os próprios usuários podem votar contra ou a favor dos pacotes; tornando-os populares o suficiente para serem movidos para o repositório oficial da comunidade.

Por outro lado, na visão do Ryan McGuire, por conta uma infinidade de pacotes (criados pelas mais diversas pessoas), o AUR pode ser considerado inseguro. Qualquer pessoa pode enviar qualquer coisa que desejarem ao AUR. Felizmente, o AUR está sob a supervisão dos mantenedores do Arch Linux, portanto, qualquer tentativa de distribuir arquivos maliciosos é imediatamente interrompido.

Arch-PPA

O projeto é hospedado no GitHub e foi divulgado recentemente. Conforme documentação oficial do projeto, o Arch-PPA é uma ferramenta que facilita a criação e manutenção de repositórios de pacotes pessoais no Arch; da mesma maneira como ocorre com os PPA’s no Ubuntu – “Personal Package Archives”.

Esta ferramenta cria pacotes a partir de uma árvore de diretórios de arquivos PKGBUILD. A ideia principal é que você possa colocar este diretório em um sistema de controle de versão só depois de ter verificado que os arquivos PKGBUILD estão corretos e não são maliciosos. Além disso, os pacotes são assinados com sua própria chave gpg (e verificado pelo cliente na instalação.) Isso resolve a insegurança do AUR, explica Ryan.

Assim, o Arch-PPA entra na jogada 😉 Destina-se a mantenedores de pacotes do AUR que estão procurando uma ferramenta fácil para criar um repositório manual que possa ser mantido com os pacotes do Arch Linux e seja distribuido em um ambiente seguro. Assim, os pacotes criados no Arch-PPA poderão ser hospedados localmente ou em um servidor web próprio. Ou seja, diferentemente do PPA do Ubuntu, será preciso ter um servidor pessoal capaz de garantir acesso e distribuir pacotes para milhares de usuários do Arch Linux.

Por fim, o AUR (Arch User Repository) tem uma longa história e é usado com sucesso por vários usuários do Arch Linux nos dias de hoje. Mas, se você estiver interessado em hospedar seu próprio arquivo de pacotes pessoais Arch Linux, o Arch-PPA é uma boa opção 😉

Publicidade

Via | SoftPedia Linux | RedDit Linux