Kali Linux 2017.1 melhora sua capacidade para injeções em redes Wi-FI

Semana passada, a equipe mantenedora do kali Linux, distribuição Linux voltada para testes de penetrações (pentest) em redes de computadores, a Offensive Security, anunciou a nova imagem rolling release do Kali Linux (2017.1). Ela vem com diversas atualizações e novas funcionalidades. Entre elas, melhor suporte para injeções em redes Wi-FI.

Kali Linux

A Kali Linux é uma avançada distribuição Linux especializada em Testes de Intrusão e Auditoria de Segurança. Ela é uma reconstrução completa do antigo Backtrack Linux, que incorpora totalmente os padrões de desenvolvimento do Debian (Testing, principalmente). Uma infraestrutura completamente nova foi montada, todas as ferramentas foram revistas e empacotadas. Além disso, contém mais de 300 ferramentas de testes de intrusão.

kali-dragon-middle

Atualmente, o Kali Linux é Rolling Release. Em 2016, a equipe lançou a sua primeira imagem (2016.1) com uma nova “roupagem”. De lá pra cá o desenvolvimento foi intenso e constante. Por isso, recentemente (25 abril) a Offensive Security divulgou a mais recente versão do sistema; a 2017.1.

Novidades

Diversas novidades foram lançadas nessa versão, bem como: GNOME 3.22 padrão e Mate, XFCE, LXDE. Entretanto, com menos opções disponíveis de ferramentas. Também suporte as versões para as arquiteturas Armel e armhf, além claro de suporte a 32 e 64 bits. E uma versão do kernel Linux 4.9 personalizada.

kali_linux_gnome2

Entre as personalizações, inclui uma série de chips modificados para drivers RTL8812AU sem fio (que suportam o padrão 802.11 AC). Essas modificações não são incluídos por padrão no kernel linux. Mas, elas permitem suporte a determinados cartões e adaptadores (como ALFA AWUS036ACH) no modo monitor – essencial para injeções em redes Wi-FI. O suporte ao padrão 802.11 AC, tornando este um dos primeiros drivers a possuir suporte a ataques relacionados a este padrão de rede sem fio 😉

Além disso, a compatibilidade com programas como o aircrack-ng, usado para explorar a segurança de redes Wi-Fi, melhora significativamente.

O driver pode ser instalado usando os seguintes comandos:

sudo apt-get update
sudo apt install realtek-rtl88xxau-dkms

Seguindo com as novidades, diversas otimizações (Cracking) para suportar placas gráficas NVIDIA com o sistema CUDA GPU foram implementadas. Essa tecnologia pode ser usada para quebrar todos os tipos de credenciais, usando programas como Pyrit WPA e/ou hashcat para recuperação de senhas.

Inclusive, essa compatibilidade, da tecnologia CUDA, aprimora o suporte a serviços de hospedagem na nuvem como Amazon AWS e Microsoft Azure. Assim, ficou mais fácil instalar o Kali Linux nesses ambientes cloud 😉

Finalmente, o OpenVAS – framework para escanear vulnerabilidades em serviços – e substituto livre do famoso Nessus, recebeu atualização. O OpenVAS 9.0 introduz uma melhoria, bem como novas maneiras parae analisar os resultados e gerenciar as vulnerabilidades identificadas.

Por padrão, não está incluído na ISO, mas está nos repositórios oficiais. Para instalar:

sudo apt-get update
sudo apt install openvas

Downloads e/ou atualização

O Kali Linux 2017.1 pode ser baixado através da página oficial do download. Além disso, pode ser feito downloads de imagens específicas para o VirtualBox e arquitetura ARM.

Mas, caso você já possui o Kali Linux instalado, como de costume, tudo que você precisa fazer é atualizar o sistema para receber as atualizações:

sudo apt update
sudo apt dist-upgrade
sudo reboot

Via | LamiradaDelReplicante

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários

Desenvolvedor ou Sysadmin? Leia isso...

Docker é uma plataforma para desenvolvimento, provisionamento e execução de aplicações usando tecnologia de containers.

Se você é um desenvolvedor ou sysadmin você poderá ter diversas vantagens usando a plataforma Docker:
  • Desenvolve uma vez...executa em qualquer lugar;
  • Sem preocupações (dependências e/ou pacotes)... foco no desenvolvimento;
  • Elimina inconsistências na entrega das aplicações e/ou serviços;;
  • Evita o “localhost funciona”;
  • Promove uma infraestrutura escalável;

Conheça o Curso Docker - Introdução a administração de containers. Ele é introdutório a plataforma Docker e lhe dará melhor compreensão sobre as vantagens da ferramenta.


Inscreva-se agora (50% OFF) »

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...