Tanto para criar uma senha qualquer quanto para criar diversas, em grande escala, aleatoriamente; é recomendado que você utilize geradores de senhas randômicos. No Linux você encontra ferramentas, via linha de comando, capazes de tal tarefa. Como o pwgen, makepasswd e passwordmaker. Portanto, saiba a diferença entre cada uma delas e escolha a sua.

 

I – PWGEN

 

Essa ferramenta cria senha que são “simples” de memorizar e seguras para serem usadas em determinados serviços.

Para instalar a ferramenta no Debian e derivados, segue o comando:

$ sudo apt-get install pwgen

 

Para executar o aplicativo, execute pwgen no terminal que será gerado uma quantidade de senhas suficiente para ocupar toda a tela do terminal.

$ pwgen

 

PRONTO! Basta copiar uma dessas senhas e usar 😉

Para incrementar mais o uso da ferramenta, segue alguns parâmetros opcionais interessantes:

  • -0: Gerar senha sem números
  • -B, –ambiguous: Não usar caracteres que podem gerar ambiguidades, como ‘l’ e ’1′, ou ’0′ ou ‘O’
  • -s, –secure: Gerar senha mais seguras, que se tornam mais difíceis de serem memorizadas

 

II – MAKEPASSWD

 

Similar ao pwgen (ferramenta anterior), contudo ele não tenta criar senhas simples de serem memorizadas. Todas as senhas são geradas baseadas numa lógica de segurança.

Para instalar a ferramenta no Debian ou derivados, segue:

$ sudo apt-get install makepasswd

 

Para gerar uma única senha, execute:

$ makepasswd

 

Para incrementar mais o uso da ferramenta, segue alguns exemplos interessantes:

– Gerar 5 senhas com pelo menos 10 caracteres cada:

$ makepasswd –count 5 –minchars 10

 

– Gerar senha a partir de uma amostra informada de caracteres. Por exemplo, uma senha com 4 caracteres, contendo um desses valores: 123456789

$ makepasswd –string 1234567890 –chars 4

 

II – PASSWORDMAKER

 

Difere um pouco das ferramentas apresentadas até o momento. Originalmente, essa ferramenta foi destinada para ser uma extensão (complemento) para webrowsers (FIREFOX e outros). Portanto, para tê-la no seu terminal Linux, é preciso instalar o pacote passordmaker-cli.

$ sudo apt-get install passwordmaker-cli

 

Para usar a ferramenta, você precisa informar um domínio (URL) e uma senha “master” (uma espécie de token). Por exemplo, o comando abaixo irá perguntar uma senha “master” (123456 – meu exemplo) para o domínio linuxdescomplicado.com.br e gerará a senha [email protected]^$q

$ passwordmaker –url linuxdescomplicado.com.br

 

O resultado mostrado acima, representa a senha que deve ser usada: [email protected]^$q .

Publicidade

Assim, pode-se observar que o propósito dessa ferramenta é criar uma senha para ser usada em determinados serviços (GMAIL.COM – FACEBOOK.COM – TWITTER.COM e outros)

 

SIGA O LINUX DESCOMPLICADO

InstagramTelegramFacebookTwitterYouTube