5 bons motivos para você começar usar o Manjaro

5-motivos-usar-Manjaro-LinuxDescomplicado-h

Indo pela tangente de grandes distribuições Linux como Ubuntu, Debian, Arch, OpenSUSE e Mint; o Manjaro aumenta sua popularidade a cada dia. Mesmo sendo uma distribuição menos popular do que as citadas, o Manjaro possui diversas características que são atrativas para muitos usuários que não se prendem a popularidade do sistema. Ao invés disso focam nos benefícios que ela pode dá… então, conheça 5 bons motivos de por que você deveria usar o Manjaro

AUMENTE SUA PRODUTIVIDADE!
Crie e administre aplicações entre ambientes diferentes. Tenha agilidade e padronização na entrega dos serviços de TI. E, assim, ganhe tempo e seja eficiente na entrega desses serviços. Saiba como

Contextualizando

Conforme a comunidade brasileira, o Manjaro Linux surgiu em 2011 na Europa (Áustria, França e Alemanha) através de uma equipe jovem de desenvolvedores. Tem como base os pacotes estáveis da distribuição Arch Linux, tornando-se 100% compatível com essa distribuição. Contudo, segundo Philip Müller (líder do projeto), o Manjaro Linux não é um Arch Linux.

Manjaro-linux-15-09

O objetivo do Manjaro é oferecer uma alternativa simples aos usuários que gostam das características do Arch Linux, bem como a sua velocidade, seus pacotes sempre atualizados, a sua leveza e o seu princípio KISS/Rolling Release. Além disso, essa distribuição apresenta um visual moderno e agradável, com um instalador simples e que usa os mais populares ambientes desktops padrões, tais como: XFCE e KDE.

Atualmente, esta distribuição vem aumentando sua popularidade desde da sua criação. Então, se você procura eficiência, estabilidade, confiabilidade, inovação e acessibilidade; comece a pensar na distribuição Manjaro 😉

Bons motivos…

Que fique claro… o Manjaro não é a melhor distro existente e talvez não seja útil para você. Meu intuito é apenas fazer com que possa enxergar as diversas possibilidades que o software livre nos proporciona:

1 – Um Arch Linux “mais simples”

O Manjaro é uma distribuição Linux baseada no Arch Linux. O Arch é uma distro robusta e eficiente, mas, infelizmente, se você quiser instalá-lo você terá que “sofrer” um pouquinho ;-). O Arch segue o princípio KISS (Keep It Simple, Stupid – mantenha simples, estúpido). Você começa com um sistema básico. Depois, você tem que instalar e configurar tudo sozinho. Isso é ideal para usuários que conhecem bem a estrutura do Linux e sabem o que precisam. Mas, para um novo usuário a situação é outra.

Assim, o Manjaro segue todos os princípios do Arch Linux; mas, tira todo o “trabalho pesado” para instalar Arch ;-). Então, como a maioria das distribuições, tudo o que você precisa para instalar/usar o Manjaro é baixar o arquivo ISO, gravá-lo em um pen drive e instalá-lo. O instalador do Calamares oferece uma experiência fácil e semelhante ao instalador do Ubuntu.

2 – Extenso suporte de hardware

Ao instalar um sistema Linux, muitos bom encontrar incompatibilidade com diversos modelos de hardware. Entretanto, quando você instala o Manjaro, ele verifica o sistema e instala os drivers necessários… facilitando bastante o trabalho do usuário 😉

Isto é possível porque o Manjaro oferece uma série de ferramentas poderosas desenvolvidas exclusivamente pela equipe de desenvolvimento, entre elas: Manjaro HardWare Detection (mhwd); Manjaro HardWare Detection Kernel (mhwd-kernel); Pacman Graphical User Interface e Suporte automático para o uso de múltiplos kernels, etc.

3 – Diga não as PPA’s oriundas do Ubuntu

É muito comum um usuário do Ubuntu e derivados fazerem uso das populares PPA’s (Personal Package Archive) – repositórios que possuem programas, desenvolvidos por diversos contribuidores, que não estão nos repositórios oficias da distribuição. Como no Arch Linux, no Manjaro você não precisa usar esses tipos de repositórios…

O uso das PPA’s, também, compromete o aspecto de segurança e estabilidade do sistema. Como a maioria dos softwares disponibilizados por lá são feitos por terceiros, o risco de conter algum elemento malicioso é considerável. Além disso, é um desgaste atualizar o sistema de versão e ter que remover ou atualizar toda a lista de PPA’s do sistema :/

No Manjaro você tem acesso ao repositório do usuário Arch – Arch User Repository (AUR). É um repositório, não oficial, criado e mantido pelos próprios usuários do Arch Linux. Muitos deles criam seus próprios pacotes a partir do código fonte. Por outro lado, o AUR está sob a supervisão dos mantenedores do Arch Linux; e qualquer tentativa de distribuir arquivos maliciosos é imediatamente interrompida.

4 – Sempre atualizado

Com o Manjaro, você instala uma única vez e sempre terá o sistema atualizado ;-). Ou seja, o usuário não necessita sempre reinstalar do “zero” quando sair uma nova versão; basta manter o sistema sempre atualizado (sudo pacman -Syyu)! Esse modelo de sistema é conhecido como Rolling Release – presente no próprio Arch Linux e em distros como OpenSUSE Tumbleweed.

5 – Comunidade pequena, mas participativa

Existem diversas comunidades que são conhecidas por não serem muito amigáveis para um usuário recém-chegado no Linux :/. Se você decidir usar o Manjaro, existe a comunidade oficial do sistema. Lá é um ótimo lugar para os usuários encontrarem ajuda. Também têm fóruns disponíveis em mais de 29 idiomas.

Por exemplo, os membros do Manjaro Brasil (comunidade brasileira) vem contribuindo, sobretudo, com o trabalho de tradução de aplicativos, com o desenvolvimento da distribuição \o/

Você usa Manjaro? Tem mais dicas e bons motivos para o usá-lo? Deixe seu comentário para outros usuários possam ver também!


Via | ItsFOOS

Ricardo Ferreira

Ricardo Ferreira

Fundador do Linux Descomplicado - LD.

Sempre em busca de novos conhecimentos, preza por conteúdo de qualidade e auto-explicativo. Por isso, persiste em criar um site com artigos relevantes para todos os leitores do Linux Descomplicado!
Ricardo Ferreira

Comentários

comentários


VOCÊ TAMBÉM PODERÁ LER...

  • Molinex

    Antergos também e bacana. Também é filho do Arch e tão facil de manusear quanto o Manjaro